sexta-feira, 13 de agosto de 2010

01:11 hs.

Tira de mim o ar... Transforma todo ambiente ao redor...
Me faz perder a noção, e toda a minha compostura.
Quando meus lábios encontram os seus, o tempo já não é mais contado em segundo.
Eles são divididos em etapas, a primeira é quando: minha boca toca a sua, a segunda quando ela não mais consegui larga-la, mas a terceira é quando tenho que  larga-la mesmo não conseguindo.
Seus dedos entram  em meus cabelos... você me coloca em sua cintura... e encostados na parede, você fita seus olhos nos meus... e nem são preciso palavras pra expressar o sentimento que nos move e nos impulsionam a tamanha atração.
É nele que me perco e ao mesmo tempo me acho...
É com ele que me aqueço, mesmo em penosas noites.
É dele que minha mente não ousa esquecer e meu coração não atreve-se a parar.... de pulsar... porque meu corpo adormecido espera por seus toques e minha pele por suas caricias.
Porque dançamos em meio a brigas e nos amamos em meio a desesperosas saudades.
Te amo porque nada mais em mim consegue negar isso.
E mesmo em pedaços... estou aqui a te esperar...
onde sempre estive, desde que meus olhos fitaram os seus e deles saíram amor.

Um comentário: